Cadastre-se no pandlr.com para participar deste tópico.
Clique aqui para se cadastrar ou faça login abaixo via rede social:

        





  • Gente a review do newyork times

    Ao contrário dos musicais de jukebox ou "Springsteen on Broadway", a "Madame X Tour" é um concerto focado em novas músicas e no momento presente. Em outras palavras, Madonna ainda está se arriscando. Ela alcançará o tamanho de uma arena em apenas alguns locais da turnê por oito cidades, mas com compromissos muito mais longos;

    cadê o fear numa hora dessas?

    é um concerto focado em novas músicas e no momento presente.

    é um concerto focado em novas músicas e no momento presente.

    é um concerto focado em novas músicas e no momento presente.

    Pisou nas cadelas que vivem de passado e panetone

  • myers

    myers

    Gente a review do newyork times

    Ao contrário dos musicais de jukebox ou “Springsteen on Broadway, a “Madame X Tour” é um concerto focado em novas músicas e no momento presente. Em outras palavras, Madonna ainda está se arriscando. Ela alcançará o tamanho de uma arena em apenas alguns locais da turnê por oito cidades, mas com compromissos muito mais longos;

    cadê o fear numa hora dessas?

    é um concerto focado em novas músicas e no momento presente.

    é um concerto focado em novas músicas e no momento presente.

    é um concerto focado em novas músicas e no momento presente.

    Pisou nas cadelas que vivem de passado e panetone

    A Gaga montando a setlist da tour:

    “Será que coloco Poker Face, Band Romance ou as duas?”

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Gente a review do newyork times

    Ao contrário dos musicais de jukebox ou "Springsteen on Broadway", a "Madame X Tour" é um concerto focado em novas músicas e no momento presente. Em outras palavras, Madonna ainda está se arriscando. Ela alcançará o tamanho de uma arena em apenas alguns locais da turnê por oito cidades, mas com compromissos muito mais longos;

    cadê o fear numa hora dessas?

    é um concerto focado em novas músicas e no momento presente.

    é um concerto focado em novas músicas e no momento presente.

    é um concerto focado em novas músicas e no momento presente.

    Pisou nas cadelas que vivem de passado e panetone

    all i want for christimas is yououu

  • myers

    myers

    Gente a review do newyork times

    Ao contrário dos musicais de jukebox ou “Springsteen on Broadway, a “Madame X Tour” é um concerto focado em novas músicas e no momento presente. Em outras palavras, Madonna ainda está se arriscando. Ela alcançará o tamanho de uma arena em apenas alguns locais da turnê por oito cidades, mas com compromissos muito mais longos;

    cadê o fear numa hora dessas?

    é um concerto focado em novas músicas e no momento presente.

    é um concerto focado em novas músicas e no momento presente.

    é um concerto focado em novas músicas e no momento presente.

    Pisou nas cadelas que vivem de passado e panetone

  • ANTES DO SHOW / GOD CONTROL:

    Durante toda a espera pro show começar fica tocando música ambiente. Acredito que em sua maioria Jazz. Em um determinado momento a música para, e é possível ouvir a voz da Madonna agradecendo a presença de todos, e dizendo que essa experiência é toda pensada para que ela compartilhe momentos próximos com os fãs presentes, e nada mais. Ela diz que mal pode esperar pra olhar nos olhos de cada um. Ela termina com "bem vindos ao mundo de Madame X".

    O show começa com uma persona batendo na máquina de datilografar em um canto do palco, e no outro, uma outra pessoa fica se movimentando. As letras do que ela está digitando ficam aparecendo na tela. É um poema do James Baldwin muito bonito (vou procurar depois). Eu não lembro muito bem o que estava escrito, mas lembro que ao final diz que o papel do artista é incomodar.

    As projeções são loucas demais. Sabem aquela performance da Beyoncé no American music awards onde ela interage com tudo? Imaginem um show praticamente inteiro desse jeito.

    Eu contei duas telas de projeção, as escadarias que mudam de lugar que as vezes revelaram outras coisas, como aquele círculo que ela mostrou no stories, e também existe portas estratégicas pra ela e pros dançarinos. O efeito é muito legal, as vezes parece que eles simplesmente somem no meio das projeções.

    Eu não entendi muito bem o primeiro figurino de God Control, mas me pareceu que ela era uma pirata chegando em algum país e sendo abordada pela policia. É praticamente o que vimos no World Pride mas com alguns ajustes de coreografia. Tá tudo muito bonito.

    DARK BALLET:

    Em Dark Ballet ela está sem o chapéu de pirata. Fica muito louco pq o cenário vira praticamente o cenário do clipe. Aquela escadaria e tal. A coreografia ta INSANA! Lembra o Eurovision, mas muito maior. Ela sobe em cima do piano e interage muito com o Rick, o pianista. Ao final é como se a polícia viesse e a prendesse. Eles colocam ela em um "círculo", que ela fala que é uma cela.

    HUMAN NATURE:

    Human Nature, um dos pontos altos MEU PAI. Como falei antes ela mostra Toda a elasticidade dela. Os movimentos lembram muito os do clile original e estão absurdamente sincronizados com as projeções, é assustador. Tem uma hora que ela fica de cabeça pra baixo, quase ao final, e todo mundo surtou nesse momento. No final da música ela se "liberta" da cela, e surgem todas as mulheres que estão com ela no palco, com o plus das gêmeas e da mercy enquanto repetem "I'm not your bitch dont hang your shit on me". Foi a coisa mais foda e fofa do mundo.Abre parênteses para um detalhe que eu esqueci. Durante Human Nature Madonna tocou percussão junto com um outro músico. Foi foda. Só queria pontuar isso.

    INTERAÇÃO COM A PLATEIA/ EXPRESS YOURSELF / PAPA DONT PREACH:


    Após Human Nature, ela passa a falar mais diretamente com o público. Puxa DO NADA Express Yourself com as meninas do coro. Conversa um pouco mais. Ela tá muito agradável. Eu sei que houve muita relutância quando ouvimos que ela tava fazendo piada, mas é TUDO naquele humor louco dela e ela tá muito confiante, não está ruim. Eu ri da vadia o show inteiro quando ela fazia graça. Enfim, voltando. Ela fala que MADAME X é uma Santa também, e os acordes de Papa Dont Preach começaram a tocar. PORRA TODO MUNDO SURTOU. Mas foi algo de 1 minuto e meio, dois minutos. Logo após ela fez um discurso rápido sobre acreditar que as mulheres devem ter direito a escolha do que fazer com seus corpos.


    VOGUE:


    Ela fica no palco, interage um pouco mais, chegam dois viados naquele figurino do World Pride de espiã, e eles trazem tipo um espelho de camarim pra ela, que ela fica atrás, acho que retocando a make enquanto fala com o público. P.s. ela fala que conheceu os dois no grindr GRITO. Ela conversa um pouquinho e do nada os primeiros acordes de Vogue. Ela tá com figurino de espiã e uma peruca loira igual a de todos os dançarinos. Performance praticamente idêntica ao World Pride com algumas alterações. Um dos pontos altos do show, e eu sinceramente achei que cadeiras iriam voar de tanto que o povo tava dançando, foi tudo pra mim.


    I DONT SEARCH I FIND:

    I Dont Search I FIND começou a tocar e ela sumiu. Achei que seria interlude, mas do nada ela apareceu. A performance é também muito bem sincronizada com o vídeo. Parece uma história de quadrinhos, com ela sendo perseguido por dois espiões e levada pra um interrogatório. É muito foda, eu amei demais. Ela também faz umas coreografias ótimas com os dançarinos nesse momento específico.

    SORTEIO DE POLAROID:

    Após ela derrotar esses caras, ela fica no meio do palco e tira uma selfie Polaroid e começa a oferecer pra quem pagasse mais kkk acaba que quem ficou com a foto foi a Rosie O Donnel, que estava bem na parte central da Orchestra. Ela disse que vai fazer isso todas as noites, e que o fã que quiser ter a foto basta basta assistir a todos os shows ķkkkkk

    AMERICAN LIFE:

    Ela fala sobre política e American Life começa a tocar. É ótimo. O arranjo é o original. Lembra também a performance do World Pride. Com a diferença que há um dançarino desfilando com a roupa do exército no palco. Do nada em um determinado momento ele cai morto em cima de uma cama. Aos poucos durante o meio da música começam a cair pedaços de roupas militares rasgadas em cima dele. Vão caindo e caindo de cima. Vão caindo depois pedaços ensanguentados até cobrir ele completamente. No final, cai a bandeira americana sobre ele.

    INTERLUDE / BATUKA:

    Uma melodia muito triste começa a tocar, e imagens do que seriam rotas marítimas aparecem. Marinheiros entram no palco carregando um caixão enrolado pela bandeira americana. A melodia vira Madonna cantando "Maria Mãe de Jesus" em português. Tem uma coreografia de um casal que parece estar brigando. Em seguida aparecem imagens das batukadeiras no telão. Elas entram pela plateia. Passaram do meu lado. São LINDAS e animadas. Começa Batuka. Madonna surge no topo de uma escada do lado esquerdo com aquele figurino postado no insta da peruca morena. É lindo demais esse figurino. Brilha mais que uma estrela. O protagonismo fica todo com as batukadeiras. Só no final que Madonna vai pro meio rebolar o cuzao com elas.

    INTERAÇÃO COM A PLATEIA:

    Ela fala um pouco sobre a vida em Portugal e sobre a Celeste Rodrigues, que faleceu recentemente. Ela traz o neto ou bisneto dela, que é músico, e os dois tocam/cantam uma música de fado que eu não lembro o nome. Ela disse que mudou a vida dela os conselhos que ela recebeu em Portugal. Nesse momento específico da pra perceber que ela tem trabalhado na voz dela. Tá ressoando pelo teatro inteiro, e todo mundo aclamou.

    KILLERS WHO ARE PARTYING:

    A tela sobe e o cenário tá igualzinho uma casa portuguesa. É semelhante a da performance de Medellin no BBMAs, mas muito maior. Um detalhe que ainda não comentei é que o palco e as projeções são cumpridas. As escadas são MUITO altas e impactantes. Quando esse cenário foi revelado eu me senti automaticamente transportado pra Portugal. Ela canta Killers Who Are Partying. Todo mundo aclamou a mudança na letra de "Israel" pra "Palestina".

    CRAZY:

    Crazy tá MUITO linda. Essa equipe de dançarinos que está com ela é impecável. Eles interagem muito com a Madonna durante essa canção, e fazem coreografias bem elaboradas. Tem um toque de flamenco e de tango. Fiquei impressionado. Ao final ela faz com o Marvin uma sequência que lembra muito aquele final de Die Another Day na Reinvention.

    LA ISLA BONITA / SODADE:

    Ok. Madonna senta no Piano com um violão e da uma papinha de La Isla Bonita. Ela fala mais uma vez de Portugal e canta um cover de Sodade. Ela pergunta se tem brasileiros e Portugueses na plateia e pede que cantem o mais alto que puderem em homenagem a Cesária, que ela diz ser uma das suas cantoras favoritas. Ela falou que tem tido aulas de Português e que tá fazendo seu dever de casa. Foi um momento muito fofo e tocante.

    MEDELLÍN:

    Medellín tá LINDA, porém confesso que o autotune me incomodou nessa música. Nem precisa né? A performance lembra muito o BBMAs, tem muito elemento novo no palco. O palco simula umas janelas e a projeção do Maluma com o figurino do clipe aparece ali, janela por janela, e a Madonna interage muito com ele. Parece uma festa portuguesa.

    INTERAÇÃO COM A PLATEIA / EXTREME OCCIDENT:

    Depois desse momento ela faz o que ninguém imaginou: desceu do palco e sentou no colo de um fã. Foi uma conversa muito agradável e todo mundo tava boquiaberto de estar tão perto dela. Antes de Extreme Occident começar ela perguntou se estavam todos curtindo o show. Ela agradeceu o apoio e disse que ele ainda não está finalizado. Então todos podemos esperar surpresas. Rumores de que Easy Ride e Rain possam ser incluídas no futuro. Ela conversou um pouco e subiu de volta ao palco pra cantar extreme occident. Tá minimalista. As escadas estão divididas e tem só um músico no palco. Sempre quando chega o refrão a Madonna se deita esticada em uma das escadas, e elas começam a girar em um movimento coordenado com luzes e projeções "Life is a circleeeee"

    INTERLUDE RESCUE ME:

    O interlude de RESCUE ME é o melhor pra mim. Não tem projeção alguma dela. Também é minimalista. Vai entrando dançarino por dançarino em uma coreografia muito expressiva que me lembrou os movimentos da série THE OA (?). A música não toca, só a parte falada. No final todos foram ovacionados.

    FROZEN:

    Tudo fica escuro. Uma projeção de uma mulher deitada e morena gigante. Acordes de Frozen tocando e todo mundo vai a loucura. Apenas uma luz fraca revela a Madonna com o look da capa do álbum de bandana. A voz dela tá maravilhosa. Ela começa a fazer uns movimentos coordenados com o da mulher morena na projeção. Quando chega o Refrão, BOOOOM: É A LOLA. O SURTO GERAL. GRITO. GENTE CHORANDO. Auge da noite sem dúvida alguma. Lembra muito aquele momento de Devil Wouldnt Reconized You, mas multiplicado por 3000

    COME ALIVE:

    Come Alive começa a tocar e o cenário fica muito lindo e colorido. As batukadeiras voltam com mantos coloridos. A Madonna também aparece com um figurino que só pode ser Versace, também uma espécie de manta. Muito alegre, elas realmente estão se divertindo no palco. Ao final ficam todas em uma linha em frente à tela de projeção. Elas ficam harmonizando o refrão por alguns segundos e terminam erguendo as mãos.

    FUTURE:

    Ela fala mais com o público, agradece mais uma vez todo o apoio, e puxa uma letra de future. Do nada ela senta no Piano. A versão que ela apresenta é diferente do álbum. Me pareceu ser uma demo. Enquanto ela toca e canta aparecem imagens da Amazônia pegando fogo. Surgem dois dançarinos com aquelas máscaras usadas na performance DO Eurovision. Eles fazem movimentos semelhantes aos do interlude de Rain na Sticky. Após muito fogo e destruição na projeção, ela termina como se estivesse sozinha em uma cidade fantasma abandonada.

    CRAVE REMIX:

    Aparece imagens do clipe de Crave. Todo mundo esperando uma versão acústica. O TOMBO meu pai. Do nada desce uma discoball. Remix. Os figurinos ótimos dos dançarinos, iluminação e projeção parece que nos transportam pro boate doclipe de GOD CONTROL, mas sem a tragédia dos tiros. Quase no final as gêmeas surgem MONTADAS, uma fofura, desfilando de saltos junto com os dançarinos.

    LIKE A PRAYER:

    Aí vem aquilo né. Uuuuuuus de like a prayer. Já começa o surto geral. As escadas ficam organizadas formando um X na parte funda do palco. Batukadeiras de volta pra harmonizar com ela. Lembra a performance do Eurovision mas o tom está mais baixo. Acredito que ela ouviu as críticas de que não estava alcançando as notas. Foi lindo. Senti como se minha alma estivesse sendo elevada.

    I RISE:

    As cortinas se fecham e ela se despede. Um minuto depois a cortina reabre. O mesmo cara que tava levando tiros no início do show reaparece. O poema do James Baldwin sobre os artistas incomodarem retorna na projeção. I Rise tocando. Ela surge com uma jaqueta estilo militar muito bonita. A performance semelhante a do World Pride. Muito lindo gente. Ao final, sobe uma gigante bandeira LGBT. Não é projeção. É uma bandeira do arco íris. Ela adicionou umas variações nos vocais do refrão. Ela literalmente desce do palco e enquanto repete O refrão sai pela plateia. Ela anda todo um espaço vago na orchestra com os dançarinos e músicos e eu fiquei a menos de um metro dela. Tá igual uma boneca de tão linda. Ela corre e o show acaba. É isso.

    CONSIDERAÇÕES FINAIS:

    É como se ela tivesse produzido um show da broadway, bem teatral, pros fãs. Está incrível e vale muito a pena. Eu não me arrependo de NADA, e acho um dos melhores da carreira. Quem curte a Madonna teatralizando as coisas vai achar isso genial.

    não sei pq saiu bugado

    INTERAÇÃO COM A PLATEIA/ EXPRESS YOURSELF / PAPA DON`T PREACH:

    Após Human Nature, ela passa a falar mais diretamente com o público. Puxa DO NADA Express Yourself com as meninas do coro. Conversa um pouco mais. Ela tá muito agradável. Eu sei que houve muita relutância quando ouvimos que ela tava fazendo piada, mas é TUDO naquele humor louco dela e ela tá muito confiante, não está ruim. Eu ri da vadia o show inteiro quando ela fazia graça. Enfim, voltando. Ela fala que MADAME X é uma Santa também, e os acordes de Papa Dont Preach começaram a tocar. PORRA TODO MUNDO SURTOU. Mas foi algo de 1 minuto e meio, dois minutos. Logo após ela fez um discurso rápido sobre acreditar que as mulheres devem ter direito a escolha do que fazer com seus corpos.

    @meiamrobert @messiah @miopeobservador @zahra @myers @thicconudo @marina_unir @xugo @felima3000 @lizdavis10 @exterminador @dangerousw @than @brruno @amandagotica @veronicaciccone @euromona @bombadeira @dangerous @fallingfree @erotica @cum @angelcastro69 @passivista @madonna @flopadah @eartha @carlos_dotadr @rfmm @k4t3bush @brunomars @tiago71 @sensitivo @marinadotempo @nick @valonqar @bryan @camburonna @marcelofelician @moira @dragzinha_haddu @ward @chad @croacia @shaniafan


    marquem quem faltar

  • gabrielciccone

    gabrielciccone

    1. Dark Ballet

    2. Human Nature

    3. Vogue

    4. Papa Don't Preach

    5. God Control

    6. American Life

    Rescue Me (Interlude)

    7. Batuka

    8. Killers Who Are Partying

    9. Crazy

    10. Medellín

    11. Extreme Occident

    A prostituta reduziu Rescue me a Interlude?

     Nunca acreditei que ela tivesse o gogó de cantar Rescue me

  • gabrielciccone

    gabrielciccone

    1. Dark Ballet

    2. Human Nature

    3. Vogue

    4. Papa Don't Preach

    5. God Control

    6. American Life

    Rescue Me (Interlude)

    7. Batuka

    8. Killers Who Are Partying

    9. Crazy

    10. Medellín

    11. Extreme Occident

    A prostituta reduziu Rescue me a Interlude?

    isso mesmo amore kkkkk

  • Im going Bananas Incredible Superstar medley


  • Im going Bananas Incredible Superstar medley

    carlos_dotadr

    carlos_dotadr

    ciccone

    ciccone

    carlos_dotadr

    carlos_dotadr

    ciccone

    ciccone

    Cheguei amores, helloooooooo

     
     
     
     

    Hello amore, animada?

    medio, ela colocu umas que nao curto para show, tipo human nature, american life… aff

    mas sei que é de madonna que estamos falando, até ela cantando I'm going bananas é mais memoravel do que muitas turnes inteiras.. rss

    Fatos amada

    kkkk

  • Load More

Logar utilizando uma rede social
         
×
×
Termos de Uso - Política de privacidade - Suporte