OFF: Padre e enfermeiro transavam dentro de quartos do Instituto Bíblico

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 227 do total)
  • Autor
    Posts
  • Domênico

    Um enfermeiro que passou dois anos prestando serviços no Instituto Bíblico de Brasília, na Asa Norte, entregou à Arquidiocese de Brasília dossiê com vários vídeos e conversas no WhatsApp revelando que o local sagrado foi transformado numa espécie de motel pelo padre Brás Costa (foto em destaque). Apesar de o caso não configurar crime no Código Penal Brasileiro, a prática fere o Código de Direito Canônico da Igreja Católica e abala a confiança dos fiéis que acompanhavam as missas celebradas pelo sacerdote.

    Cezar Costa, enviou nota ao Metrópoles dizendo que sua “decisão é contrária à permanência do padre Brás no território da Arquidiocese de Brasília”. (Leia a manifestação completa no fim desta reportagem).

     

    Chantagem, coação, ameaças e a garantia de emprego em troca de transas profanas movimentavam a rede sexual mantida dentro do instituto entre 2019 e 2021, segundo um ex-funcionário revelou à reportagem. O enfermeiro relatou que começou a ser “agradado” por Brás Costa, então conselheiro e professor de hebraico e latim da unidade durante esse período. O Instituto Bíblico encerrou suas atividades no último dia 12 e, desde então, o religioso exercia suas funções eclesiásticas numa paróquia do Riacho Fundo.

     

    O profissional de saúde contou que as primeiras abordagens vinham acompanhadas de elogios ao seu corpo atlético, além de apalpadas nos braços, nas nádegas e até no pênis dele. “Além do padre Brás, quase todos os seminaristas do instituto sabiam e muitos participavam das sessões de sexo. Eu acabei cedendo às investidas”, disse o rapaz, que é bissexual.

     

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.Pressão

     

    De acordo com o enfermeiro, havia uma espécie de pressão para que ele cedesse aos joguetes sexuais conduzidos pelo religioso. “Ficava muito claro que eu poderia perder o meu emprego caso não aceitasse. Acabei mantendo relações sexuais com esse padre durante dois anos. Isso acabou com a minha vida: tive depressão e até tentei suicídio”, relatou.

     

    Ele ainda revelou que não havia dia nem hora para realizar os desejos sexuais do clérigo. As transas ocorriam dentro dos quartos, nos banheiros, corredores e até depois da celebração de missas, sempre dentro do prédio cristão. “Tudo era combinado pelo WhatsApp e, em alguns momentos, eu recebia dinheiro do padre Brás.”

     

    A coluna teve acesso a uma série de trocas de mensagens travadas entre o padre o e enfermeiro. Dezenas de fotos de órgãos genitais eram enviadas por ambos. Por essa razão, alguns trechos foram borrados.

     

     

    https://www.metropoles.com/distrito-federal/na-mira/padre-e-enfermeiro-transavam-dentro-de-quartos-do-instituto-biblico

     

    ariza

    Cadê as fotos?

    Se forem gores ninguém se importa 

    JP! freakss

    kkkk a conversa

    JP! freakss

    ele chorou muito negas

    'Isso acabou com a minha vida: tive depressão e até tentei suicídio”, relatou.'

    honeeyyy

    Que horror

    traumatizado333

    Parece 2 viado da pan conversando rs

    fantasmino

    riri

    cadê a foto deles?

     

    o padre megrah sedento

    ariza

    O senhor o que? 🙈

    xuria18

    kkkk a conversa

     

    riri

    “depois que o senhor chegar da missa, ai mando”

    marner

    o senhor que?

    JP! SansaStark

    oldy que todo padre e viado

    magnota

    atashi

    (foto em destaque).

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 227 do total)






Logar utilizando uma rede social
    
×
×