[Spoilerudos] MIDSOMMAR

Visualizando 15 posts - 106 até 120 (de 120 do total)
  • Autor
    Posts
  • Foto de perfil de FA Wolf
    FA Wolf

    o que seria pior, uma tradição que nasce das visões de um louco, ou uma que nasce da necessidade de poder?

    Foto de perfil de Laura Fernandes
    Laura Fernandes

    o que seria pior, uma tradição que nasce das visões de um louco, ou uma que nasce da necessidade de poder?

    Ambas péssimas, só que o louco pareceu contribuir porra nenhuma pra religião


    Foto de perfil de FA Wolf
    FA Wolf

    o chapeuzinho de bobo desde o começo ahahhaha

    Foto de perfil de Laura Fernandes
    Laura Fernandes

    Amanhã faço mais oferendas pra esse tópico seguir vivo 


    Foto de perfil de FA Wolf
    FA Wolf

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Foto de perfil de Laura Fernandes
    Laura Fernandes

    “Em Harga, Dani é validada em suas emoções. Lhe é permitido se expressar e sentir sem julgamentos.”


    Foi bem o que eu falei, ela abraça uma crença sem julgamentos pelo seu sofrimento


    Foto de perfil de Laura Fernandes
    Laura Fernandes

    Teria Christian sido estuprado?


    Pelo amor, vai tomar no cu 


    Foto de perfil de Laura Fernandes
    Laura Fernandes

    Algo que não é verdade mesmo dito no filme: que o festival acontece a cada 90 anos


    - Primeiro que se a velharada morre aos 72, nem tem como esperar tudo isso;


    - Segundo que o midsommar (solstício de verão) ocorre todo ano;


    - Terceiro que há fotos atuais de rainhas de maio


    - Quarto que o Pelle diz que os pais morreram num incêndio e isso não é uma informação qualquer depois de vermos o fim do filme - especialmente lembrando da Joan falando sobre o filho e o neto terem morrido em Hereditário, o que obviamente nos leva a pensar que eles foram oferendas também e faz um paralelo entre os filmes;


    - Quinto que o fato de ter um só bebê ali e apenas o Christian ter feito sexo, dá a entender que todo ano uma mulher de Harga acasala com um homem de fora



    PELLE MENTIROSANEY


    Foto de perfil de Laura Fernandes
    Laura Fernandes

    De uma análise interessante sobre como a religião suga a individualidade das pessoas:


    “A queima dos cadáveres no templo também serve como uma morte simbólica para o culto Harga, que acreditava na reencarnação. Ao queimar seus corpos, os Harga destruíram absolutamente a semelhança física desses sacrifícios. Em certo sentido, as identidades únicas que cada pessoa possuía enquanto viva não “existem” mais e seus espíritos foram reciclados de volta à natureza.


    Esse tema de destruir absolutamente a individualidade única de alguém também está presente durante os suicídios de idosos. A mulher idosa cai de cara no chão e foi uma visão sangrenta ver seu rosto completamente destruído. Além disso, o homem idoso foi mortalmente ferido após sua queda, e os homens de Harga deram um golpe de misericórdia em seu rosto três vezes.”


    E, no fim, a Dani cheia de dor, luto e desamparo simbolicamente “morre” e renasce sorrindo 


    Foto de perfil de Laura Fernandes
    Laura Fernandes

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    "eu não aguento maix. mamãe e papai estão vindo também"

    Porra, ela avisou


    "Tudo é preto"


    Me peguei pensando nisso e se não há uma conexão sobrenatural entre essa mensagem (bem normal pra alguém com depressão) e o Negro, a entidade que é citada no ritual da dança das meninas:


    Foi aqui, há muito tempo, que o Negro atraiu os jovens de Harga para a grama e os seduziu com a dança.
    Uma vez que começaram, não podiam parar e dançaram até a morte.
    Agora, em desafio ao Negro, nós dançamos até cairmos.



    É claro que é alusão óbvia ao começo "negro" da Dani contrastando com a claridade do resto do filme, como se ela entrasse em um conto de fadas 


    Mesmo assim, o Ari Aster curte misturar as coisas e se observarmos a tapeçaria, ela começa com a representação da morte na figura de um crânio (que poderia ser o Negro) e desde o princípio as personagens parecem marionetes do Pelle em favor do culto (representado pelo Sol)


    Foto de perfil de Laura Fernandes
    Laura Fernandes

    @edoo

    @tostig


    Assistam logo a versão do diretor e venham contribuir


    Foto de perfil de Laura Fernandes
    Laura Fernandes

    NINGUÉM CONTRIBUI

    NINGUÉM SURTA

    NINGUÉM SE DEBATE E GRITA 


    Foto de perfil de Laura Fernandes
    Laura Fernandes

    Teoria de que a Dani seria o sacrifício final (pois todas as rainhas seriam) a partir de 1:14:39, pra quem quiser acreditar:


    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.


    Foto de perfil de Laura Fernandes
    Laura Fernandes

    Aqui, vários significados das runas e eu não vou traduzir porque meucu:


    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.


    Foto de perfil de Matheu M.
    Matheu M.

    "Em Harga, Dani é validada em suas emoções. Lhe é permitido se expressar e sentir sem julgamentos."

    Foi bem o que eu falei, ela abraça uma crença sem julgamentos pelo seu sofrimento


    e também ve que o sofrimento da sua cultura nao é tão grande quanto ela achava

Visualizando 15 posts - 106 até 120 (de 120 do total)


Cadastre-se no pandlr.com para participar deste tópico.
Clique aqui para se cadastrar ou faça login abaixo via rede social:

        






Logar utilizando uma rede social
         
×
×