SHANIA TWAIN: Especial de Aniversário \COMENTÁRIOS/

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 334 do total)
Clique aqui para baixar o navegador Brave e remover os anuncios!
  • Autor
    Posts
  • Foto de perfil de ALBUM FEMININO MAIS VENDIDO DO PLANETA
    ALBUM FEMININO MAIS VENDIDO DO PLANETA

    Eilleen Regina Edwards, nasceu a 28 de agosto de 1965 em Ontário no Canadá.

    Em pleno dia de verão Sharon dá à luz uma bebé, quando o médico informa que a bebé não se move, não há nenhuma vida.
    É-lhe então entregue um nado-morto. Milagrosamente a bebé estava viva e não sofreu efeitos da privação de oxigénio. Dá-se então a dramática entrada de Shania no mundo.

    O nome Eillen veio da sua avó irlandesa da parte da mãe, Eileen Morrison, e Regina, depois da mãe do seu pai biológico, Regina edwards.

    A avó de Shania, Eileen nasceu no condado de Kildare, na Irlanda, de pais Ingleses chamados Lottie Reeves, do País de Gales, e Frank Pierce, da Inglaterra. Enquanto a avó de Shania, Eileen Morrison ainda era pequena, os Pierces migraram para Piney, Manitoba, para começar na agricultura.

    Quanto à família edwards não se sabe muito, apenas que eles tinham antecedentes mistos de francês-canadiano e nativo índio.
    O seu pai biológico Clarence Edwards abandonou a família quando ela era ainda criança.

     

     

    “O SUCESSO AVASSALADOR DE SHANIA TWAIN”

     

    Se o destino de Shania Twain estava traçado na música, ele mesmo se parece com um clássico do country: vivendo em pobreza extrema, cantando em clubes noturnos quando criança, seus pais morrendo em um acidente de carro, tendo de criar três irmãos mais novos, sendo que acabara de sair da adolescência. Mas diferente de muitos sucessos de Nashville, esse country teria um final feliz: uma invejável carreira que inclui 3 álbuns multiplatina.

     

    Sem falar do rosto perfeito de modelo, um corpo capa da Cosmopolitan e uma umbigo tão famoso que praticamente possui seu próprio fan clube. Ao mesmo tempo forte e sexy, atrevida e séria, essa cantora canadense deixou seu estilo único marcado por toda a indústria da música country. Vinte e quatro anos atrás ela trocou seu nome de batismo Eilleen por Shania (pronuncia-se Shu-NYE-uh em inglês) que significa “Estou no meu caminho” na língua nativo-americana Ojibwa de seu padrasto. Agora ela está há bastante tempo com esse nome. Shania Twain, esse nome deu-se sorte.

     

    Não que alguma coisa em sua jornada ao sucesso tenha sido fácil. Nascida em 28 de agosto de 1965 em Windsor, Ontário, ela foi a segunda de três filhas de Sharon e Clarence Edwards, que se divorciaram. Sharon pegou as filhas e se mudou para a pacata cidadezinha de Timmins, Ontário, cerca de 500 milhas ao norte de Toronto, Sharon trabalhou como Frentista em um Posto, e como não tinha com quem deixar as Filhas, levava elas para o Serviço, quatro anos depois se casou com Jerry Twain, um nativo Ojibwa. Jerry adotou as garotas (Sharon e ele tiveram dois filhos mais tarde), e Shania considera-o seu próprio pai. “Eu nunca me referi a Jerry como meu padrasto”, ela disse à revista Maclean. “Também nunca me referi a Clarence como meu pai. Jamais me preocupei por não ter tido contato novamente com a família dele”.

     

     

    A família de Shania era fortemente unida, mas trabalhava arduamente para sobreviver. Shania havia comentado sobre os períodos em que eles tinham pouca comida e as crianças tinham de levar sanduíches de mostarda pra escola, ou agüentar em casa por dias só a pão, leite e açúcar queimado na panela. Sua mãe lutou contra a depressão, e quando já não havia comida, “ela não conseguia sair da cama. Não queria encarar a nova manhã”, disse Shania. “E houve muitas manhãs como essa”.

     

    Mas ela nunca pareceu coagida frente às circunstâncias. “Eu reconheço que como uma criança, eu não me via na pior das situações”, ela disse à revista Chatelaine. “Nós nunca fomos sujos para a escola ou com roupas rasgadas. Então quando via uma criança que estava suja, eu sabia que ela não tinha os mesmos pais amorosos que eu tinha”

    Apesar da situação precária, uma coisa sempre tocou em sua alma: a música. Foi ainda quando Shania tinha 3 anos, e cantava apenas cantigas de roda, que seus pais perceberam seu imenso dom para música. E devido a forte limitação financeira da família, eles puseram-na pra trabalhar precocemente.

     

    Quando Shania tinha 8 anos começou a cantar em clubes noturnos de Timmins - mas só depois do último aviso, já que era jovem demais para se apresentar legalmente enquanto bebidas alcoólicas estavam sendo servidas. Assim, a garotinha ia dormir e seus pais a acordavam à meia-noite, e para se proteger da Neve, eles colocavam Sacos de Pão nos Pés dela, para levá-la aos clubes de madrugada.

     

    Se essa vida parece dura para uma criança, Shania aparentemente não pensa assim. “Eu acho que começar jovem foi uma coisa boa”, disse ela a Cosmopolitan. “Porque se eu não tivesse começado desde cedo, não sei se teria a coragem de enfrentar os palcos. Na época eu era uma Criança, isso era como um outro mundo”.

     

    Como uma garota, ela também cantava com grupos de rock e escrevia suas próprias canções. Depois de completar o colegial, mudou-se para Toronto, pronta para começar sua carreira. Foi então que a tragédia ocorreu.

     

    Em 1987, seus pais foram mortos numa colisão frontal com um caminhão que transportava toras de madeira que estava na Contra Mão. Já que sua irmã mais velha já possuía sua própria família, Shania, então com 21 anos, foi destinada a cuidar de sua irmã de 18 e seus irmãos de 14 e 13 anos. Ela imediatamente deixou sua carreira de lado e mudou-se com a família para Huntsville, Ontário, onde arranjou um emprego como cantora e dançarina no Deerhurst Resort, fazendo seis apresentações por semana. “Foi como ser jogada no fundo do poço e ainda ter de nadar”, disse ela sobre sua repentina transformação em uma substituta familiar. E novamente viu-se batalhando para sobreviver até o fim do mês.

     

    “Quando me mudei pela primeira vez com as crianças, o que nos fez falta na casa foi a água, que não havia”, relembra ela. “Então precisávamos ir ao rio pra tomar banho. Isso era tão primitivo. Foi mesmo um recomeço terrível”.

     

    Mas “há uma parte em você que fica desesperada pra superar isso”, ela explicou à Glamour. “E eu estou certa de que [estar na pior] foi o que me deu a garra necessária para vencer - o fato de eu não querer passar fome pelo resto da minha vida”.

     

    Em 1990, a esperança surgiu no horizonte. A irmã e os irmãos de Shania estavam todos formados e já tinham se mudado, deixando-a finalmente livre para se concentrar na carreira. Foi então que ela deixou de ser Eilleen pra ser Shania e rapidamente provou ser verdadeira a razão do nome - ela estava em seu caminho.

     

    Com a ajuda de um agente amigo, Shania gravou uma fita demo de canções que havia escrito e enviou-a para Nashville, onde despertou grande interesse. Um acordo com a Mercury Records foi oferecido a ela, e seu primeiro álbum, intitulado Shania Twain, foi lançado em 1993. Mesmo vendendo apenas 100.000 cópias, seu vídeo sexy com a canção “What Made You Say That” - em que ela revelou seu, hoje famoso, umbigo - atraiu muitos olhares.

    Um fan instantâneo foi o produtor musical sul-africano Robert John “Mutt” Lange, que já havia trabalhado com artistas do porte de Def Leppard e Bryan Adams. Ele telefonou a ela e perguntou se poderia ouvir mais de suas músicas, então a dupla deu inicio a um relacionamento pessoal e profissional à distância. “Mutt estava tão afinado criativamente comigo”, lembra ela. “Ele é mesmo um grande fan do country, e mesmo antes de saber disso, começamos a compor músicas ainda no telefone”.

    Ironicamente, todo este sucesso dos dias atuais nunca foi sua meta quando criança. No passado, ela queria simplesmente sobreviver. “Como toda criança, eu tinha sonhos”, ela explica a Maclean’s. “Viver em uma casa de tijolos e comer rosbife, ser seqüestrada por Frank Sinatra, e me tornar uma backvocal de Stevie Wonder. Nunca foi o meu sonho ser uma estrela. Esse foi o sonho dos meus pais.

     

     

     

     

     

    The Woman in Me é o segundo álbum de estúdio da cantora country Shania Twain, lançado em 1995 foi vencedor do Grammy de “Melhor Álbum Country” em 1995.

    O disco vendeu mais de 20 milhões de copias, vendendo 13 milhões só nos Estados Unidos um grande sucesso ganhou mais de 12 Discos de Platina e Disco de Diamante naquele país.

     

     

     

    Come on Over é o terceiro álbum de estúdio gravado pela cantora canadense de country Shania Twain, e foi lançado em 4 de novembro de 1997. Venceu quatro Grammy's, dois com a música “You're Still the One” nas categorias “Best Country Song” e “Best Female Country Vocal Performance”. Em 1999, e outros dois com as músicas “Come on Over” e “Man! I Feel Like a Woman!” também nas categorias “Best Country Song” e “Best Female Country Vocal Performance” em 2000.

     

    Foi certificado 2x Diamante e 20× como Álbum de Multi-Platina nos Estados Unidos, com distribuição de 20 milhões de cópias e vendas exatas de 17.570.439 cópias em território americano de acordo com a Nilsen SoundScan. Foi 2× como Álbum de Diamante no Canadá, 15× como Álbum de Platina na Austrália e 11× como Álbum de Platina no Reino Unido. Um total de 12 singles foram lançados do álbum, dos quais 11 ficaram entre os 5 nas paradas do Canadá. Come on Over é o álbum feminino mais vendido da história, é também o álbum Feminino mais vendido de todos os tempos tendo vendido mais de 40 milhões de cópias em todo o mundo, tornando Shania a única mulher entre os 10 mais vendidos, nenhuma outra cantora jamais bateu tal recorde. Este álbum está na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.

     

     

    “COME ON OVER”, O RECORDE DE UMA CANTORA FEMININA

     

    Para uma nação que consome discos de country com a mesma voracidade que devora hambúrgueres de fast food, não espanta o fato de Come On Over, da canadense Shania Twain, ser o álbum mais vendido da década de 90. Impulsionado pelo mercado consumidor norte-americano, responsável por mais da metade das cópias comercializadas e que tem em Garth Brooks um de seus maiores fenômenos, o disco bateu na casa de 40 milhões de discos vendidos, em grande parte graças à epidemia causada pela canção Man! I Feel Like a Woman. Aproveitando-se de uma época em que artistas pop como Spice Girls e Backstreet Boys davam as cartas na indústria fonográfica, Shania diluiu a country music em ritmos menos ortodoxos e lançou mão do sex appeal para arrebanhar uma multidão de fãs ao redor do planeta.

     

     

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

     

    VERSÃO ESTENDIDA

     

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    VERSÃO ESTENDIDA

    “FROM THIS MOMENT ON” SÓ PERDE PARA A MARCHA NUPCIAL EM CASAMENTOS

     

     

     

    SHANIA TWAIN É UM FENÔMENO

     

    Shania Twain é um fenómeno. Com apenas 3 álbuns editados, é a artista que mais discos vendeu na história da música.

     

    The Woman In Me, o álbum de estreia de Shania, vendeu mais de 12 milhões de cópias nos E.U.A. e bateu o recorde do Greatest Hits de Patsy Cline enquanto o disco mais vendido duma artista feminina da música country.

     

    Come On Over vendeu mais de 19 milhões de cópias nos E.U.A. e foi considerado o disco mais vendido por uma artista na história da música.

     

    Up!, o último álbum de Shania Twain, elevou a artista à única na história com 3 discos consecutivos com 10xPlatina.

     

     

     

    She's Not Just A Pretty Face, foi composta por Shania em homenagem a sua Mãe morta no Acidente

     

     

     

    Greatest Hits é um álbum dos melhores êxitos da cantora Shania Twain, lançado em 2004. O álbum contém 17 faixas (18 no álbum internacional) de seus três álbuns certificados Diamante anteriores, The Woman in Me, Come on Over e Up!. Também estão incluídas três novas músicas: “Party for Two”, que atingiu o top 10 na parada country nos EUA, top 10 no Reino Unido e na Alemanha, a balada “Don't!” e “I Ain't No Quitter”.

     

    Greatest Hits terminou 2005 como o álbum Country mais vendido nos Estados Unidos com mais de 4 milhões de cópias vendidas, sendo certificado com 4x Platina.

     

    Greatest Hits estreou no número dois na Billboard 200 e número um na Top Country Albums com 530.000 cópias vendidas. O álbum ficou em primeiro lugar na parada de álbuns da Billboard Top Country por 11 semanas consecutivas. Em novembro de 2008, o álbum já tinha vendido 4,45 milhões de cópias nos EUA. O álbum já vendeu mais de 10 milhões de cópias mundialmente e está entre as 10 coletâneas mais vendidas de todos os tempos por uma artista feminina.

     

     

     

    “SHANIA TWAIN”, ÚNICA CANTORA FEMININA NO CLUBE DOS 20 MILHÕES

     

    A cantora country canadense Shania Twain acaba de entrar para um seleto clube, frequentado por apenas outros cinco astros pop. Twain se tornou a sexta pessoa a superar a marca de 20 milhões de cópias vendidas de um mesmo álbum no mercado americano. A proeza foi conseguida com o terceiro disco dela, “Come On Over”, de 1997, que emplacou vários hits nos primeiros lugares das paradas e a consagrou como estrela internacional.

     

    Os outros álbuns que integram o clube dos 20 milhões são: “Greatest Hits”, lançado pelo Eagles em 1976, que já chegou aos 28 milhões de exemplares; “Thriller”, de Michael Jackson (1982), 26 milhões; “The Wall”, do Pink Floyd (1979), 23 milhões; “Led Zeppelin IV” (1971), 22 milhões; e “Greatest Hits”, de Billy Joel (1985), 21 milhões.

     

     

    “SHANIA TWAIN”, FOI O PRIMEIRO ARTISTA A RECEBER A ORDEM DO CANADÁ EM 2006

     

    Shania Twain é condecorada

    Depois de conquistar sucesso no cenário internacional com discos lançados e hits nas principais paradas de música, Shania Twain deve receber uma homenagem pra lá de especial. A cantora será condecorada pelo governo como oficial da Ordem do Canadá, durante uma cerimônia que acontece em Ottawa, nessa sexta-feira. A honraria é fruto de sua história “de pobreza e riqueza”, que acabou por influenciar outras gerações de artistas, conforme informou o governador-geral, Michaelle Jean, através de um comunicado.

     

    “Do pequeno povoado de Ontário até o topo da indústria do entretenimento, sua trajetória inspirou incontáveis novos músicos. Apesar de ter sido pobre quando menina, sua família lhe transmitiu um forte senso de orgulho. Mesmo nessa época, a música teve um papel importante em sua vida. Hoje, embora tenha muito sucesso, continua fiel às suas raízes”, dizia ainda o comunicado.

     

     

     

    No Começo dos anos 2000 Shania pegou a Doença de Lyme e ficou afastada da Música por 10 anos, se mudando para a Suiça para tratamentos, com as Cordas Vocais afetadas, Shania teve que sair da Música e se submeter a uma Cirurgia, onde até hoje deixaram marcas no seu Pescoço.

     

     

     

    Em 2012 Shania assinou um Contrato em Las Vegas, onde foi decretado feriado para sua chegada na Avenida principal de Vegas.

     

     

    Em 2014, Shania foi considerada a melhor Performer que Vegas já teve, pela Vegas Weekly

     

    Shania Twain has picked up a big honor for her Vegas show, Shania: Still the One.

     

    Las Vegas Weekly just named Shania the “Best Resident Performer” on their “Best of Vegas 2014” list. That means she beat out fellow headliners Britney Spears, Celine Dion, Elton John and Olivia Newton-John for the win.

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

     

     

     

    Em 2016, sem lançar nada Shania se aventurou uma uma Tour, ficando na frente de muitas cantoras que estavam na Mídia.

     

     

    Em 2018 Shania Saiu Mundo afora com sua Now Tour, com ingressos já esgotados até Dezembro.

     

     

     

     

    “SHANIA TWAIN” BIOGRAFIA LEGENDADA

     

    Foto de perfil de ALBUM FEMININO MAIS VENDIDO DO PLANETA
    ALBUM FEMININO MAIS VENDIDO DO PLANETA

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    @older_pastmoment

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    @older_pastmoment

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Foto de perfil de niellie goulding maníaca
    niellie goulding maníaca

    1111111111111111 HALSEY RAINHA NEGRA DO POP

    ELLIE GOULDING RAINHA DO UK Resultado de imagem para HALSEY GIF

    Foto de perfil de niellie goulding maníaca
    niellie goulding maníaca

    ELLIE GOULDING EU TE AMO


    Imagem relacionada

    Foto de perfil de usuário desativado
    usuário desativado

    eu amei o u com uma carinha feliz

    Foto de perfil de ALBUM FEMININO MAIS VENDIDO DO PLANETA
    ALBUM FEMININO MAIS VENDIDO DO PLANETA

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Foto de perfil de Anabllue, a boneca possuída
    Anabllue, a boneca possuída

    amiga bota uma foto no meio desse textão aí 


    posta q eu mesma boto aqui


    e fixei

    Foto de perfil de Anabllue, a boneca possuída
    Anabllue, a boneca possuída

    a capa da cmm tava horrível essa foto velha do come on over

    botei 1 mais atual

    Foto de perfil de Anabllue, a boneca possuída
    Anabllue, a boneca possuída

    olha essa

    1297797844884_ORIGINAL

    Foto de perfil de ALBUM FEMININO MAIS VENDIDO DO PLANETA
    ALBUM FEMININO MAIS VENDIDO DO PLANETA
    @bartiersparks

    @bartiersparks

    amiga bota uma foto no meio desse textão aí

    posta q eu mesma boto aqui

    e fixei

    Foto de perfil de damitinha jackson
    damitinha jackson

    Não sabia da história dos pais

    Foto de perfil de Anabllue, a boneca possuída
    Anabllue, a boneca possuída

    pronto

    Foto de perfil de ALBUM FEMININO MAIS VENDIDO DO PLANETA
    ALBUM FEMININO MAIS VENDIDO DO PLANETA
    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Não sabia da história dos pais

    Morreram esmagados amor

    Foto de perfil de ALBUM FEMININO MAIS VENDIDO DO PLANETA
    ALBUM FEMININO MAIS VENDIDO DO PLANETA
    @bartiersparks

    @bartiersparks

    pronto

    Obrigada

    Foto de perfil de damitinha jackson
    damitinha jackson
    @Thaline Danyelle Motta

    @Thaline Danyelle Motta

    damitajo

    damitajo

    Não sabia da história dos pais

    Morreram esmagados amor

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 334 do total)


Cadastre-se no pandlr.com para participar deste tópico.
Clique aqui para se cadastrar ou faça login abaixo via rede social:

        






Logar utilizando uma rede social
         
×
×
Termos de Uso - Política de privacidade - Suporte