ESPECIAL: Dois anos atrás Britney Spears lançava seu nono álbum, “Glory”.

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 756 do total)
Clique aqui para baixar o navegador Brave e remover os anuncios!
  • Autor
    Posts
  • Foto de perfil de hagrid
    hagrid

    Imagem relacionada

     

    Neste dia há exatamente dois anos, Britney Spears lançava seu nono álbum de estúdio, o “Glory”. Aclamado tanto pela crítica como pelos fãs, o álbum sofreu alguns problemas de planejamento e teve muitos contra-tempos com sua divulgação, o que resultou em um desempenho frio nos charts.

     

    O álbum teve apenas duas músicas de trabalho, sendo elas “Make Me…” com participação especial do rapper G-Eazy e “Slumber Party”, em participação com a cantora Tinashe. O primeiro teve seu peak com a posição #17 na Billboard Hot 100, atingindo novamente esta posição na semana após a apresentação no Video Music Awards, que fez a música ficar apenas atrás do smash hit “Closer” no iTunes, permanecendo em #2 por uma semana. O segundo não contou com qualquer tipo de divulgação, no entanto debutou no chart nas últimas posições.

     

    Resultado de imagem para britney spears make me giphy

     

    No aquecimento para o lançamento do álbum foram lançadas três músicas, “Private Show” (que ganhou um comercial para o perfume de mesmo nome), “Clumsy” e “Do You Wanna Come Over?”, com estas duas últimas sendo apresentadas no show “Piece of Me”. Private Show conseguiu entrar no top 5 do iTunes US em seu lançamento, fazendo com que Britney tivesse duas músicas no top 10 simultaneamente.

     

    O álbum vazou uma semana antes de seu lançamento, sendo lançado no México e parando na rede mundial de computadores, recebendo 200 mil downloads de forma ilegal. Debutou oficialmente com 111 mil cópias vendidas nos Estados Unidos, na posição #3.

     

    Resultado de imagem para britney spears make me giphy

     

    Britney revelou ao longo de entrevistas um pouco do processo criativo do álbum, que foi feito em um período de dois anos e meio. 

     

    “Eu levei tempo nesse projeto. É como se fosse meu bebê. Levei ele muito a sério. Trabalhei com provavelmente só quatro ou cinco pessoas diferentes durante todo o processo. Houve partes em que foi difícil… você tem dias em que está uma droga. Levou bastante tempo, sabe? Mas acho que chegamos num ponto em que eu estava muito, muito feliz com o que fizemos. É legal, é bem diferente. Acho que é provavelmente o álbum mais hip-hop. Não o mais, tem umas duas ou três músicas que vão em uma direção mais urban que eu quis fazer há muito tempo, e eu não tinha realmente conseguido“.

     

    A garota com quem trabalhei é da França, e ela é uma garota bem legal e descolada então escrevemos a música juntas, eu acredito que dependendo de com quem você está trabalhando você acaba incorporando um pouco de sua personalidade. E ela é ótima, ela me ajudou com a música e o jeito com que ela fala é bem diferente então eu repliquei e incorporei isso na música, o que deixou diferente.“ (sobre Coupure Electrique)

     

    “A Karen minha A&R me conectou com as pessoas que eu queria trabalhar, e foi sentindo minha vibe, as vezes mais urban, as vezes mais pop. Certa vez estava trabalhando com um pessoal bem R&B e eles eram bem divertidos, um dos compositores tinha uma voz tão incrível que quando ele começava a cantar eu tinha vontade de chorar, eu ficava tipo 'eu quero vir aqui todos os dias e ficar com você', pois era um verdadeiro dom. Nós estávamos experimentando, eles me mostraram uma música ótima e fomos para o booth juntos, e todas as palmas e os efeitos sonoros são reais, nossos pés e tudo mais, é tudo real, nós fizemos tudo juntos e tem uma pegada bem old school.”

     

    Resultado de imagem para britney private show giphy

     

    Alguns dos colaboradores do álbum revelaram como foi trabalhar com Britney durante todo esse processo, revelando:

     

    “A primeira vez que nós - Justin Tranter e Julia Michaels - trabalhamos com ela, ela estava editando uma música e ouvindo o tom do seu vocal na vida real, então é tipo…aquele som mágico que vem na cara dela e isso é o que acontece. Aí ela dá uma risada e conta uma piada no microfone, então seu corpo toda se arrepia e eu literalmente caí no chão. Tem algo nela que não é desse mundo. Do nada ela sugeriu este conceito para termos uma música chamada 'Just Like Me' no Glory, que é sobre uma pessoa encontrando seu parceiro a traindo com alguém que é idêntica à ela. E ela não se aprofundou dizendo se era uma história verdadeira ou não, mas essa foi uma ideia que ela nos trouxe. Uau! Ficamos tipo, 'Ai meu Deus, Britney Spears está vindo para abalar as estruturas'. Ela é uma mulher tridimensional, incrível e complexa. Como uma escritora, ela explodiu nossas mentes. (…) Pessoas podem ter um sucesso por acidente; você não consegue ter toda essa carreira insana (por) acidente…Quando você presencia o talento cara à cara, é tão lindo, humilde e chocante.”

     

    “Foi tudo que eu sempre quis. Eu estava literalmente ”Ok, então agora vou me aposentar, muito obrigada”. Eu nem sabia que composições para outras pessoas eram realmente como um trabalho, eu não sabia como isso funcionava. Então, no minuto que eu descobri que as pessoas estavam escrevendo para outras pessoas e mandando músicas e coisas do tipo, eu fiquei tipo, 'Oh, eu preciso escrever uma música para a Britney Spears'. Eu escrevi essa música chamada Secret com SOPHIE, e Charli XCX acabou lançando, mas era algo que originalmente interessava a Britney. Então eu tive que dizer: “Secret está fora da mesa”. No acampamento de Britney, Karen me disse, ”Ok, então faça uma música nova, uma música melhor”, e foi a última música que acabou entrando no álbum. Eu ainda não conheci Britney, o que é tão triste, mas eu vou. Eu mandei essa música para ela, e nós conseguimos os vocais duas semanas depois, e após um mês veio o álbum. Foi a reviravolta mais rápida.” (Jesse Saint, compositor de Love Me Down).

     

    Imagem relacionada

     

    “Eu escrevi essa música com meu amigo Jon [Asher], que é um incrível compositor e um grande amigo. Eu tive uma ideia: Queria escrever uma música chamada “Mood Swings.” Nós começamos com umas melodias, mas nada nos impressionou de verdade. Então nós descemos, ficamos passando tempo na cozinha dele,  comemos algo, e ele falava ‘Mood swings, mood swings…o que você acha de mood ring?” E eu fiquei “Ai meu Deus, ‘Mood Ring’!” E foi assim que aconteceu: basicamente brincando enquanto nós lanchávamos na cozinha. Ele que deu o nome à música.  Nós imaginávamos como The Chainsmokers featuring Britney Spears. Então esse foi o conceito e sonoridade. Nós estávamos escrevendo para Britney desde o começo. Não sabíamos se iria ou não de fato para a Britney, mas estávamos escrevendo nessa perspectiva. A propósito, somos fãs loucos por ela— tipo, desde a infância até agora. Eu acho que ele e eu estávamos bem ligados à Britney, só por que somos superfans. Foi assim que o início nasceu. Nós amamos as mudanças nas fases da Britney, na cor de cabelo, e literalmente, tipo, mudanças de humor (mood swings em português) A vida dela toda é um anel de humor (mood ring em português). (…) A A&R, Karen Kwak, nos falou que era a música favorita dela, inicialmente. “Era a música favorita dela”, ouvimos isso várias e várias vezes. Que era essa música que ela tinha se sentido mais conectada. Por isso ficamos meio surpresos quando soubemos que estaria somente na edição japonesa.” (Melanie Fontana, compositora da faixa bônus japonesa “Mood Ring”).

     

    Resultado de imagem para britney v magazine

     

    A era foi precedida por uma edição especial da revista V Magazine, fotografada por Mario Testino. Britney concedeu uma entrevista e disse que o álbum estava fazendo ela muito orgulhosa.

     

    “Honestamente, estou bem particular com este álbum. É o meu bebê então eu realmente quero que seja bem feito. Eu prefiro que seja completamente do jeito que eu quero, demore dois anos ou dois meses para fazer isso. Eu não tenho idéia no momento. Mas eu sei a direção que estou seguindo e é tão boa. É a melhor coisa que fiz em muito tempo. Eu estou orgulhosa do trabalho, e é bem diferente, não é o que você pensaria mesmo. Mas eu não estou apressando nada. Eu quero que seja bem feito, para que meus fãs possam apreciar verdadeiramente.”

     

    Resultado de imagem para giphy britney slumber party

     

    Também tivemos uma apresentação no Billboard Music Awards, onde Britney recebeu o prêmio Millenium Award e foi introduzida desta forma: “Ela é uma das artistas mais eletrizantes de todos os tempos, uma estrela internacional. Uma das entertainers de maior sucesso na história da música pop. Seu show mais do que bem sucedido 'Britney: Piece of Me' mudou incomparavelmente a cara do entretenimento de Las Vegas. 6 Billboard Music Awards. 6 álbuns no topo das paradas estadunidenses. 24 hits top 40 nos charts da Billboard e cerca de 140 milhões de discos vendidos no mundo inteiro. Uma artista rara no qual suas conquistas durante a carreira e influência duraram com o tempo. Ela é a terceira performer a receber o prestigioso Millenium Award. Senhoras e senhores, aqui está ela. A indiscutível princesa do pop, Britney Spears.”

     

     

     

     

    Os clipes da era foram dirigidos por David La Chapelle, Randee St. Nicholas e Collin Tilley. Este primeiro é o diretor da versão original do clipe de “Make Me…”, que foi cancelada sem nenhuma explicação. Tivemos acesso a fotos na época da gravação e a alguns trechos em baixa qualidade que vazaram. Randee fez o ensaio fotográfico do álbum e dirigiu o clipe de “Make Me…” lançado, feito nos bastidores deste ensaio. Ela também dirigiu o comercial do perfume “Private Show”. Collin foi o responsável por dirigir o clipe de “Slumber Party”, o queridinho dos fãs.

     

     

     

     

    Escute no Spotify:

    Foto de perfil de hagrid
    hagrid



    Foto de perfil de Sonia Pop
    Sonia Pop

    825 MIL


    PLATINA


    #17


    POLEMICAS


    VMA CORRETO


    ORGULHO

    Foto de perfil de Mikinho Jackson
    Mikinho Jackson

    ETERNA PRINCESA DO POP

    Foto de perfil de hagrid
    hagrid





    Foto de perfil de kimberlymichelle
    kimberlymichelle

    Amo a vibe de Just Like Me

    Foto de perfil de dravo fucking rockwell
    dravo fucking rockwell

    THEN YOU MAKE ME OOH

    OOH


    OOOOOH

    OOOOOOOOOOH

    hinoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

    Foto de perfil de Sonia Pop
    Sonia Pop

    DOIS ANOS JA


    MEU DEEEUS

    Foto de perfil de dravo fucking rockwell
    dravo fucking rockwell

    DEUSA GREGA

    LENDA VIVA 

    Foto de perfil de hagrid
    hagrid

    Em dedicação a todos os fãs da maior artista do século XXI.

    Foto de perfil de dravo fucking rockwell
    dravo fucking rockwell

    gent q pisao na vendedora de bolancha

    Foto de perfil de hagrid
    hagrid

    Change Your Mind maior e melhor que tudo que o búfalo de Houston ousou fazer em sua medíocre carreira.

    Foto de perfil de hagrid
    hagrid

    Lembrando que o ícone canta em três línguas no álbum: inglês, francês e espanhol.

    Foto de perfil de Sonia Pop
    Sonia Pop

    BETTER DONA



    Foto de perfil de hagrid
    hagrid
    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    Faça login ou cadastre-se para visualizar este conteúdo.

    DOIS ANOS JA

    MEU DEEEUS

    Né? Passou muito rápido.

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 756 do total)


Cadastre-se no pandlr.com para participar deste tópico.
Clique aqui para se cadastrar ou faça login abaixo via rede social:

        






Logar utilizando uma rede social
         
×
×
Termos de Uso - Política de privacidade - Suporte